• Home
  • TRANSTORNOS DEPRESSIVOS PODEM LEVAR A MUDANÇAS NAS CÉLULAS IMUNE
Download CD TRANSTORNOS DEPRESSIVOS PODEM LEVAR A MUDANÇAS NAS CÉLULAS IMUNE

TRANSTORNOS DEPRESSIVOS PODEM LEVAR A MUDANÇAS NAS CÉLULAS IMUNE

No campo da neurociência, as alterações que os transtornos depressivos podem causar nas células imunes têm sido questionadas. Tema relevante na atualidade, em que os estados depressivos estão muito presentes.

Estudos recentes nesta área têm demonstrado que pessoas que sofreram de transtorno depressivo (TDP) têm marcado o diagnóstico pela persistência de sintomas depressivos. aumento da deformidade celular em monócitos e neutrófilos (um grupo de células do sistema imunológico que têm a função de defender o corpo contra objetos estranhos, como vírus e bactérias) por mais de dois anos.

Ainda é importante mencionar que eritrócitos (glóbulos vermelhos ou eritrócitos) e linfócitos (glóbulos brancos) foram mais maleáveis ​​no presente transtorno depressivo persistente, desta forma pode ser feita uma conexão entre TDP e maior maleabilidade das células sanguíneas.

Minha pesquisa nesta área é inicialmente apoiada por este estudo aprovado pelo Comitê de Ética local da Tec Technical University of Dresden foi aprovado. Dessa forma, com o apoio do Hospital Universitário Martin Dockweiler, com quem fiz parceria recentemente, produzi um artigo científico, avaliado e aprovado pelo comitê científico da revista COGNITIONS, no qual abordo as anormalidades fisiológicas mais persistentes e marcantes na hiperatividade do eixo hipotálamo-hipófise-adrenal (HPA) e na inflamação crônica leve associada ao aumento dos níveis de cortisol ou citosinas pró-inflamatórias.

Na verdade, este trabalho aqui apresentado teve como objetivo analisar com o máximo de detalhes possível como uma disfunção no cérebro afeta o sistema imunológico.

Este estudo pode ser lido na íntegra neste link.

Leave A Comment